O Livro de Receitas da Rita Lobo e Vontade de Devolver As Panelas para Metalúrgica

Cozinho bem legal.  Basta olhar meus textos na categoria gastronomia deste blog.  E não é só na teoria: duvido que alguém que tenha jantado/almoçado em casa seja capaz de fazer uma única ressalva. 

Bem, a verdade não é 100% essa.  Teve um dia catastrófico no jantar que costumava  produzir  um sábado antes do natal.  O prato forte daquele ano era vatapá, com todos os acomapnhamentos: creme de arroz, castanha de caju picada, amendoim picado, dendê e malagueta.  Sem contar boas entradas, caipirinhas, cervejas geladíssimas, vinhos e sobremesas deliciosas,

Resumo -não da ópera,   mas  da tragédia -, a receita do meu gurú Antônio Houaiss não falava em dessalgar o camarão seco.  Bom discípulo, segui à  risca o mestre.  Resultado???  O Vatapá era puro Sal, incomível, como diria o ministro Magri.  Havia cerca de 15 pessoas  em casa, alguns que estavam indo pela primeira vez.  Era um tal de telefonar para tia, amiga para tentar salvar, mas não houve jeito.  Um tacho de vatapá direto pro lixo.

O velho amigo Mário foi categórico:

– Esse jantar, sim, está ótimo, divertido.  Muito mais legal do que aqueles em que a comida está perfeita, a cerveja perfeita e tudo  muito organizado.

O convite era para vatapá, mas todo mundo teve que se contentá (pra rimá) com as entradas, pães, creme de arroz e sobremesas. Salvo engano, além da tradicional salada de frutas secas com conhaque e sorvete de iogurte, havia papos de anjo feitos em casa e o formidável e saudoso bolo de Natal da Paula Noschese.

Exceção que confirma a regra. 

Pois bem, todos os outros jantares para convidados –  e mesmo o trivial da minha casa –  foram e serão deliciosos.

Corte 

Fred Allen, comediante e pensador americano disse:

“Algumas pessoas escrevem tão bem que tenho vontade de devolver minha pena ao ganso”.

Certamente que já experimentei a mesma sensação dele ao ler grandes escritores.

Qualquer pessoa honesta e sincera   que cozinhe, ao  folhear os Livros de Gastronomia/Receitas  da ex top model e chef Rita Lobo, também colunista aqui do Ig (http://panelinha.ig.com.br/site_novo/meuBlog/rita) o último deles PANELINHA – RECEITAS  QUE FUNCIONAM,  pensa algo parecido com o que disse Allen sobre seus colegas escritores privilegiados:

–  Há pessoas que cozinham tão bem que sinto vontade de devolver minhas panelas e o  fogão para a metalúrgica!!!

Não dá para não comprar o Livro.

Alguns títulos: Camarão no Espeto à moda cajun. Saboreie o texto: “pela lista de engredientes, a receita pode parecer complicada. Pimenta-de-  caiena, tomilho seco, páprica picante.  Mas o preparo não poderia ser mais simples.  Tão fácil quanto pedir espetinho de camarão na praia, so que, nesse, dá pra confiar”.

A propósito do texto da Rita, transcrevo de memória a passagem  que ela teria tido com executivo da editora de obra anterior.  Ele disse que Rita  não se preocupasse  muito com a escrita  que eficiente redator daria um trato na coisa.  Rita  ponderou que fazia questão que o texto final fosse dela.  E assim ficou estabelecido.

Linda, perfeita na cozinha e escreve bem.   A natureza/genética foi/foram muito generosas com ela!!!

++++++++++

Último Livro: Panelinha – Receitas que Funcionam. Autora Rita Lobo. Editora Senac São Paulo

Livros Anteriores: A Conversa Chegou À Cozinha – crônicas e receitas. Rita Lobo. Editora Ediouro.

Receitas Anti-TPM – Rita Lobo

Frases fabulosas de Fred Allen http://pensador.uol.com.br/autor/Fred_Allen/

1 comentário

  1. Bem oportuno a dica do livro de receitas e do site “PANELINHA” da grande chefe de cozinha a maravilhosa e simpática Rita Lobo,que já tive a felicidade de conhecer e ganhar um lindo livro de receitas de sua autoria.Ela autografou,fez uma dedicatória e me desejou boas receitas.A Rita Lobo, em seu grandioso blog de culinária,dispensa qualquer comentário,ela é muito competente,tem uma simplicidde fora de serie e leva a sério o seu trabalho.Vale apena visitar o seu blog e aprender dicas da grande e grandiosa chefe.
    Eu recomendo e assino embaixo!!!
    Cicero Gomes.

  2. Meu caro Paulo,
    Assim que pude, isto é, agora, fui procurar seu blog no Boca no Trombone. Achei e fiquei muito orgulhoso de ter um amigo escrevendo tão bem e de forma tão interessante sobre variedades. Parabéns, você mereceu mesmo ser contemplado no concurso dos blogueiros do Boca no Trombone. Continue assim. Grande abraço,José Luiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s