Prefeito Kassab Não se Importa Que Pedestre Seja Agredido na Calçada

Campanha para que o  pedestre seja  respeitado quando atravessa  as ruas está sendo feita em S. Paulo.

Acontece que, mesmo nas calçadas da cidade,   o pedestre é vitima de uma agressão atrás da outra.  E ninguém se importa.  Ao que parece, nem mesmo o prefeito de São Paulo.

Relacionei série de agressões no texto CHEGA DE IMPINGIR VIOLÊNCIA AO PEDESTRE NA CALÇADA. Se quiser ler, clique aqui Mandei o texto, duas ou três vezes,  para a Assessoria de Imprensa  do Prefeito Kassab e pedi uma manifestação da Assessoria em nome do Prefeito.  Secretária do Assessor de Imprensa me garantiu por telefone, mais de uma vez,  que ele recebeu o texto no email dele e também que ela havia impresso uma cópia que lhe entregou pessoalmente.(tenho esses emails  que enviei arquivados).  Desde o dia 20, 21  de setembro, o assunto tem sido empurrado com a barriga e ninguém da assessoria de imprensa dá uma resposta.  Pedi a conhecido meu que é amigo do prefeito para  me ajudar a obter alguma manisfação, ainda que fosse para dizer  que o Prefeito  não iria se pronunciar.  Esse meu conhecido falou para mim por telefone que não teve tempo, sequer,  para ler o meu texto.

No texto levanto duas hipóteses do porquê a situação ter chegado  a esse ponto:

  1. As autoridades estão assaz preocupadas  e são de sensibilidade tocante no que diz respeito ao bem estar da população. Entretanto não percebem coisa alguma por razões bem simples:
  • Jamais andam a pé.
  • Andam de carro, quando não de helicópteros,  com aqueles vidros nigérrimos, muitas vezes com sirenes ligadas e batedores.

Se essa primeira hipótese fosse a verdadeira,  alguém da Assessoria de Imprensa do Prefeito  já teria respondido.  Ainda que respostas evasivas, como, por exemplo,  prometer que até o fim do mandato, os problemas apontados  estariam todos resolvidos, mesmo porque dependem basicamente de medidas e providências que  não implicam em obra alguma, tampouco em gastos.

Infelizmente, ao que tudo leva a crer, a outra hipótese que levanto é a verdadeira:

As autoridades e respectivos assessores (aspones) que cuidam do assunto estão pouco se lixando para que o pdestre seja respeitado.  Seria um caso de desprezo, puro e simples.

Resumo das agressões ao pedestres:

  • Cestos de Lixo de Ferro Chumbados nas Calçadas
  • Blocos de Concretos nas calçadas, sobretudo em frente a instituições israelitas/judaícas e consulado americano
  • Aviso para Pedestre ter cuidado na Calçada com carros que saem da garagem.
  • Jatos de Luz nos Olhos dos Pedestres

Parece pouco, mas não é.  Mesmo porque é constante em todos os bairros  e não coisa excepcional.  Sem contar sujeira de cachorro e donos de cachorros que saem com aquelas coleiras elásticas que permitem que cachorro,  dono (e coleira)  ocupem a toda a largura da calçada.  E a concepção  moderna de cidadania, agora beneficiando até cachorro:  a liberdade dos búfalos (gente sem educação) é ilimitada e o cidadão vai  sendo cerceado em seus direitos básicos – ir e vir pelas calçadas de sua cidade sem sofrer agressões,  por exemplo.

Anúncios

1 comentário

  1. O prefeito de São Paulo,Gilberto Kassab,esta sim muito preocupado com seu novo partido e pouco se lixando para responder as opiniões dos seus eleitores.Quanto a politica das faixas de pedestres,onde os carros se obrigam a parar,quando os pedestres se aproximarem,para mim é mera picaretagem e o golpe final é arrecadar dinheiro em multas,para os cofres públicos.
    A prefeitura de São Paulo não tem política de campanhas educativas e nunca terá. Quando surge algum programa de ação educativa,passamos a perceber,que não passa de um programa simplesmente para arrecadar dinheiro em multas.(acredite se quiser).
    +++++++++++++++

    Cícero:

    Pelo jeito é o que vc falou e nós constatamos. Ele está pouco se lixando pelo eleitor, pelo cidadão, pelo pedestre.
    Abraços
    Paulo

  2. Evidentemente, o Cícero anda de carro.
    +++++++++++

    Caro O.A, digo, LM. Você se enganou. Cícero é um trabalhador. Vai e volta todos os dias para o trabalho de ônibus. Agora, é homem de bom senso. E não dá para discordar do que eu falei a respeito desse assunto calçada/agressão ao pedestre. É apenas isso.

    Abraços

    Paulo Mayr

    1. Esse tal de Cícero é trabalhador pedestre??? Com esse papo de que multa é golpe para arrancar dinheiro dos motoristas??? Ah, vá! Isso é papo de motorista. Esses folgados dirigem embriagados, ultrapassam limite de velocidade, estacionam em lugar proibido, agora não querem respeitar faixa de pedestre, daí são multados e vêm com essa conversa mole, que multa é roubalheira. Respeitar as leis ninguém quer. Imagine se não houvesse leis e multas, como que ia ser.
      ++++++
      LM:

      O Cícero, repito, é trabalhador. Trabalhador pedestre, não sei se existe essa categoria…
      Quanto à generalização que vc fez de motoristas, eu não estou dentro. Respeito leis de trânsito e raramente sou multado. É óbvio que precisa haver multas.
      É isso.
      Paulo Mayr

  3. Caro LM,para mim não existe a expressão “Trabalhador Pedestre”,e eu continuo a acreditar que a prefeitura, que não é boba,faz aquele joguinho falso de campanha educativa para arrecadar dinheiro para os cofres públicos. As multas eu acho necessárias,para os motoristas que não cumprem as regras de trânsito,mas deveria haver um tempo de adaptação às novas regras,antes de começar a cobras as salgadas multas.
    Um abraço,dirija com cuidado e atenção com os pedestres.
    +++++
    É isso aí, caro Cícero.
    Abraços
    Paulo Mayr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s