Possibilidade de Arrastões Hoje à Noite em Restaurantes é Apenas Mais uma Pitada de Estresse

Meta-estresse, como costumo dizer.  Não bastassem os estresses no Dia dos Namorados em restaurantes   todos os anos na comemoração, agora há ingrediente extra:  o medo de arrastões, que vêm se tornando freqüentes.  Ouvi autoridade dizendo no rádio que não acredita que se promovam arrastões hoje, porque a polícia estará alerta.  Até o governador de S. Paulo abordou o tema.

Esse é apenas um tempero estressante adicional a essa data.  Ontem escrevi sobre o assunto, enumerando o monte de aborrecimentos enfrentados em restaurantes hoje.

Como nem tudo são espinhos nessa rosa romântica (que imagem horrorosa e cafona, hein??),  eu dava a solução: produzir na própria casa da namorada(o) um jantarzinho prático, gostoso, com clima aconchegante.  Essa providência ainda traz mais duas  imensas vantagens adicionais:  economizar conta do motel e fugir de mais essa fila no final da noite.   Vale a pena ler.  Já valia a pena antes da possibilidade mais concreta de arrastão, agora então…

Clique aqui.

Ah, que saudades do Tempo em que Arrastão eram apenas técnica  de pesca e título de  música do Edu Lobo, na retumbante interpretação de Elis.

Aliás, até pesca de Arrastã,o nos dias de hoje,  é ecologicamente incorreta.  A gente era Feliz e não sabia!!!

Mate a Saudades ou conheça esse Arrastão do Edu na voz da Elis. Clique aqui

Anúncios

1 comentário

  1. Que paz aqui no Paraná em Maringá.
    +++++

    Caro Júnior:

    Aqui o negócio é Brabo mesmo!!!

    Abraços

    Paulo Mayr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s