Mário Sérgio Conti deixa o Comando do Roda Viva – Caso Curioso

O brilhante Mário Sérgio Conti, meu colega desde o primeiro dia de aula na USP,  vai deixar o comando do Programa Roda Viva da TV Cultura, informa a Folha de S. Paulo de ontem.

Às vésperas de ele assumir o cargo, postei aqui episódio interessante, envolvendo o Mário e outra jornalista famosinha.  Reproduzo novamente.

Lá vai:

O jornalista Mário Sérgio Conti assume o comando e apresentação  do programa Roda Viva da TV Cultura ainda este mês. Estudei na mesma classe que  ele na Escola de Comunicações e Artes da USP durante  o curso inteiro de jornalismo.  Todos os colegas e professores  o admiravam muito pela sua cultura e generosidade.

Alguns anos depois de formado, episódio  engraçado envolvendo o Mário.

Quando trabalhei na Secretaria de Imprensa do governador Franco Montoro,  jornalista, que hoje é meio famosinha,  me diz que era da Revista  Veja.  Para ser simpático,  respondo:

– Eu estudei com o Mário Sérgio Conti que acabou de ir para a Veja.  Ele é o cara mais preparado e culto que eu conheci.

Metida, ela deu de ombros e, pela cara, pensou algo do gênero: “o que é que esse cara da assessoria de imprensa do governador entende sobre o que é ou não um sujeito culto???”

Quando falei isso, o Mário era repórter e ela, editora assistente.  Dois meses depois, o Mário já ocupava o mesmo cargo que ela.  Quatro meses depois, o Mário virou chefe dela.  Menos de um ano  depois, ela me diz:

– Aquele cara que você falou que é um gênio, o Mário Sérgio…

Interrompi.

– Nunca  disse que ele  é um gênio.  Falei  apenas que é o cara mais culto e  preparado que já conheci.

Ela continuou:

– Pois o que ele é mesmo é um filho da …

Limitei-me a um:

– Ah é.!

Não perguntei e nem falei coisa alguma.

Pelo que se sabe,  o Mário demitiu a moça,  entrou de férias e quando voltou, voltou em outra editoria.

Quando foi demitida, a moça “muitississimo” provavelmente deve ter se lembrado do que eu falei e que ela deu de ombros.

Infelizmente não mantive muito contato com o Mário depois da faculdade.  Entretanto, pouco tempo se passou e me encontrei com ele na Editora Abril e contei-lhe o episódio.  Ele riu.

Aliás, também me encontrei com a moça depois de tudo isso em um restaurante ou bar e ela foi muito simpática, sorridente e me cumprimentou com beijinhos.

+++++++

Sucesso ao Mário em suas novas Empreitadas e que possamos todos continuar a  usufruir do seu talento

Anúncios

1 comentário

  1. Pois é Paulo, ” como esse mundo é pequeno”, uma frase antiga mas nos dias de hoje é muito lembrada, ainda mais nesse caso que você citou, concorda?
    Abraços e bom inicio de semana.
    ++++++

    Caro Júnior:

    Vc tem razão. É a tal história, quem não tem humildade…

    Abraços

    Paulo Mayr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s