Estresse Sem Fim…

Caixa eletrônico hoje, no final da tarde, pede que eu digite o código/chave correspondente à posição x do cartão de códigos.  Três tentativas e nada.  Observe-se que nem se tratava da senha, apenas repetir 3 algarismos do meu cartão de código.

Desisto.  Garoto de uns vinte anos, que estava atrás de mim, e fica frente a frente  com a Fera, digo, máquina, antes de começar a operar,  pega um papelzinho expelido pela geringonça, me entrega e informa que meu cartão foi bloqueado.

Um minuto depois, o cartão dele também é bloqueado.  Eu e ele somos incompetentes ou o equipamento está com defeito???

Resultado.  Nós dois teremos que ir às nossas agências e pedir para desbloquear os cartões.  O Caixa eletrônico, certamente, não vai receber punição alguma.

Eu  não aguento mais tantos números, códigos, senhas.

Pior que  nem bons textos esses percalços rendem; rendem apenas notas estressantes.  E, convenhamos (vamos combinar, como dizem os conhecem apenas 50 vocábulos),  estresse talvez seja a principal coisa que sobra para todo mundo que vive em cidades grandes do Brasil.  Aliás, bordão:  Imagina na Copa, bancos fechados e Caixa Eletrônico desequilibrado bloqueia  seu cartão.  É estresse pra mais de metro.  E, quase parra terminar,  outra expressão  dos que usam 50 vocábulos.:

– Ninguém Merece!!!

Voltando, ao banco.  Quantos clientes vítimas dessa máquina desinfeliz não  terão que ir ao banco amanhã para desbloquear os cartões. E amanhã deve ser dia de greve nos transportes,  trânsito  insuportável, entre outros infernos…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s