Geração Espontânea Existe a Partir de Farinha de Rosca

Desde meados do século 19,  cientistas não acreditam mais em geração espontânea.  Ou seja, que novos seres vivos pudessem ser gerados, surgissem,  através de corpos em decomposição.  Até então,  por exemplo, acreditavam  que “rãs, cobrar e crocodilos eram gerados a partir do lodo dos rios.”

Pois bem, há algumas três, quatro, semanas,  produzi excelente farinha de rosca com pão italiano da melhor qualidade torrado.  Fiz fabuloso bife à milanesa, mas sobrou um pouco, que guardei  dentro de um recipiente plástico hermeticamente fechado.  Ontem, ao abrir o tal recipiente,  havia uns bichinhos, nem tão minúsculos assim se movimentando.

Resultado,  tive que jogar o restinho de farinha na privada e, muito mais grave,  voltar a acreditar em geração espontânea.   No caso específico:  farinha de rosca de boa qualidade pode gerar pequenos insetos.  Se a geração espontânea de insetos produzidos a partir de farinha de rosca de boa qualidade  é tão forte a ponto de sobreviver tubulação à dentro, cabe a outro “cientista”, que não eu, estudar.

 

Anúncios

1 comentário

  1. Paulo vou explicar, ovos ou pequeno inseto ja estavam na farinha de trigo, assim eles não morrem , foi isso que aconteceu.
    +++++++++++++++++

    Caro Júnior:

    Boa sua explicação. Mas voltei a dar crédito à geração espontânea (risos)

    Abraços

    Paulo Mayr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s