Nélson Rodrigues

Complexo de Vira-Lata, em Latim, Parece que é a Nova Tendência.

Pelo Jeito, os portadores de  Complexo de Vira-Lata, não satisfeitos de  se manifestar em inglês macarrônico, agora também lançam mão de um pseudo Latim.  Adivinha como se chama Academia de Ginástica na Av. São João, quase esquina com Duque de Caxias, Centro de S. Paulo: Corpus Malhadus.

Se quiser ler sobre a tontice do termo malhar no sentido de fazer exercício, clique.  Observe que estou bem acompanhado.

Complexo de Vira-Lata, em Latim, parece que é uma tendência.  Outro exemplo, clique

Complexo de Vira-lata é o sentimento de inferioridade do Brasileiro em relação a Estados Unidos e Europa, “tradução”/definição  livre minha  do termo de Nélson Rodrigues.  Quiser ver diversos exemplos, clique (obs. o primeiro que vai aparecer é o que se manifesta em Latim)

 

Anúncios

Complexo de Vira-Lata – Agora, Até em “Latim”

Caçador de demonstrações do Complexo de Vira-lata*, no cruzamento da Rua Minerva com Homem de Mello, Perdizes, fui logo lendo na Placa do Bar ESPETINHO´S. E assim, com esse apóstrofo ´s, que os comerciantes, acometidos pelo tal Complexo de Vira-lata, acham que dão toque do sofisitcação aos seus estabelecimentos.

Entretanto 1 , eu me preciptei.  Está escrito em bom português  ESPETINHOS.  Exatamente assim.

Entretanto 2, O Complexo de vira-lata estava estatelado.  Já que acima dos espetinhos em português, lia-se o nome do bar:

OLIVO

ESPETU´S Bar

Dessa vez, o Complexo de Vira-lata foi fundo.  Não bastasse o apóstrofo s, um quê de LATIM/ROMANO no nome do Buteco!!!

Quer ler mais sobre o Complexo de Vira-lata???  Clique aqui.  Tem pra todo gosto, em qualquer setor que se pense, até intelectual atacado pela coisa

* Em tempo, Complexo de Vira-lata é o sentimento de inferioridade do Brasileiro em relação a Estados Unidos e Europa, “tradução”/definição  livre minha  do termo de Nélson Rodrigues

Infernos ao Quadrado!!!

Não gosto de um nem de outro.  Em todo caso,  o desenho é engraçadinho.  Amiga Elizabeth Simão  mandou para mim.

Pois é...

Aliás, já escrevi texto a respeito, publicado aqui no Boca.  Quiser ler,

Nélson Rodrigues disse:

-A pior forma de solidão é a companhia de um paulista.

Para mim, entretanto, é estar com um sujeito que fica olhando  (e/ou digitando) no  maldito  smart (esperto???) phone!!!

Suponho que Nélson Rodrigues concordaria comigo!!!

Afiando o Português Pra Fazer Bonito na Copa!!!

Suponho haver dezenas de textos aqui no Boca  a respeito do Complexo de Vira-Lata, sobre o  qual nos falava Nélson Rodrigues:  sentimento de inferioridade do Brasileiro em relação a Estados Unidos e Europa, tradução/definição  livre deste escriba.  Como uma imagem vale mais do que mil palavras, veja charge matadora do Amigo Fernado Vasqs.

Esse português todos conhecem.  Problemas são os pra mim comer, fazem dez dias....

Nesse português todo brasileiro é bom de bola.  Problemas são os pra mim comer, fazem dez dias….

Mais Fernando Vasqs, conheça o Blog dele, com sugestivo nome de Ostras ao Vento

Quiser se aprofundar no  Viralatismo, clique

Convite – Quão Capazes são Os Vira-Latas de Complicar Coisa Tão Simples !!!

Para Nélson Rodrigues, Complexo de Vira-Lata ” é a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo”  Ainda, segundo o escritor,  “o brasileiro é um narciso às avessas, que cospe na própria imagem”

Há, quase às dúzias,  exemplos do fenômeno aqui no Trombone.   E mais  exemplos não param de pipocar.

Há algum tempo, eu  havia percebido que os convites dos Vira-latas “pseudo” sofisticados (afinal, vira-lata não tem nada de sofisticado), sobretudo os enviados por email, não convidavam diretamente.

Não eram assim:

Dia tal, a tal hora, em tal lugar, bazar para vender as quinquilharias que vovó deixou no Planeta Terra  ao partir para o andar de cima.

Ora, por que fazer algo simples se pode complicar???

Para esses vira-latas,  o convite é feito em etapas.

Primeiro email: Save The date.   Na mesma linha: Venda de Quinquilharias da Vovó. Se houvesse um termo em inglês, ou “inglês de brasileiro”, para quinquilharia da vovó, é lógico que estaria ali.

Na linha de baixo, do lado esquerdo,  apenas os dias do mês e mais nada.

Em Tempo, Save the date quer dizer: Reserve a Data.

Além de  arrogantes e pretensiosos, burros, pois nem horário é informado.  Ou seja, o infeliz que recebe o convite deve deixar  aqueles dias à disposição do vira-lata comerciante/”anfitrião”.

De acordo com o que  me explicou amiga que entende dessas babaquices, no segundo, ou até mesmo no terceiro email,  é que virão horário e endereço do canil; digo, onde e a que horas será a coisa; evento, como esse povo acha chique  dizer.

Além do Complexo Explícito de Vira-lata,  belíssimo exemplo de  ” A Natureza Limitou a Inteligência, mas não limitou a burrice!!!”

Quiser ler mais sobre Complexo de Vira-lata que acomete  brasileiros vira-latas, clique. Curioso é que até mesmo intelectuais/artistas brilhantes tornam-se  vítimas dessa praga .

Simples, Mas em Inglês???

Na camiseta do Sujeito, a Inscrição: LIFE IS SIMPLE.

Simples, mas em Inglês… – para complicar ou para explicitar  o Complexo de Vira-lata impieddoso que assola a nação.  Complexo de Vira-Lata é o termo criado por Nélson Rodrigues para designar a inferioridade em que se coloca o brasileiro diante de Estados Unidos e Inglaterra (explicação Livre minha).  Leia mais sobre essa epidemia. Clique  Complexo de Vira-Lata